Quem pode ter máquina de cartão

Se você pensa que receber pagamentos por meio de cartão de crédito é débito é possível apenas para empresas grandes, está muito enganado. E pior: pode estar deixando de vender até 50% a mais por não ter uma máquina de cartão.

Há alguns anos atrás realmente era complicado passar a aceitar pagamentos por meio de cartões: era preciso ser pessoa jurídica, ter um mínimo de faturamento mensal e pagar um aluguel (ou mensalidade) nada barato pela maquininha. As taxas cobradas eram bem altas também.

No entanto, em 2010 o Banco Central promoveu mudanças na regulamentação do mercado fazendo com que surgisse uma grande quantidade de empresas oferecendo máquinas de cartão. Para você ter uma ideia, em 2018 há mais de 50 delas!

A concorrência facilitou muito o acesso e jogou para baixo as taxas cobradas a cada venda.

Por isso, hoje qualquer pessoa física ou jurídica pode ter uma máquina de cartão, independentemente de faturamento, de pagar aluguel por ela ou ter uma conta bancária!

E se você ainda não tem é melhor correr e providenciar a sua! Cada vez mais pessoas e empresas estão adquirindo máquinas de cartão, passando a oferecer mais comodidade a seus clientes através de mais formas de pagamento. Veja como ainda temos muito menos maquininhas por habitante, proporcionalmente, em relação aos países mais desenvolvidos:


Infográfico mostrando no número de POS e PDVs por mil habitantes no Brasil em comparação com outros países

No Brasil exstem cerca de 24,7 máquinas de cartão por 1.000 habitantes, mostrando que há muitos negócios que ainda não recebem pagamentos por meio de cartão e podem estar deixando de faturar até 50% a mais

Facilidade para ter uma máquina de cartão

Para facilitar ainda mais que qualquer pessoa pudesse ter uma máquina de cartão, várias empresas passaram a oferecer uma solução inovadora – originalmente desenvolvida pela Izettle – que diminuiu muito o preço do equipamento: uma máquina leitora de cartões acoplada ao celular!



  • A máquina leitora apenas lê os dados do cartão e passa-os para um aplicativo no celular (normalmente via Bluetooth);
  • Quem processa a transação é o aplicativo instalado no celular, que entra em contato com a operadora do cartão para validar a transação;

Ao fazer o processamento da transação no celular, foi possível reduzir o custo da máquina em até 72%. Por exemplo, a Point Mini do Mercado Pago, que é uma leitora de cartão custa R$ 68,80 enquanto a Minizinha com chip do PagSeguro, que processa a transação nela custa R$ 238,80

foto da máquina Point Mini do Mercado pago

A máquina de cartão Point Mini do Mercado Pago saiu-se bem no comparativo com outras máquinas a pagar um alto valor líquido nas vendas a débito e crédito em 1 vez

 

Assim tanto em termos de menos exigências quanto em termo de redução de preço, hoje qualquer pessoa pode ter uma máquina de cartão.

O que ela deve levar em contar antes de escolher qual delas terá é o seguinte:



Desconto para compra da maquininha

Após escolhida, você pode comprar a maquininha com desconto utilizando os links a seguir:

Desconto na compra da Point Mini do Mercado Pago

Clique no link a seguir e ganhe desconto de R$ 50,00 na compra da Point MIni do Mercado Pago. Com ele você vai pagar R$ 68,80 (preço normal R$ 118,80).

Para mais ter mais informações sobre a Point Mini:

 

Desconto na compra da IZettle

Clique no link a seguir e ganhe desconto de R$ 12,00 na compra da Izettle. Com ele você vai pagar R$ 166,80 (preço normal R$ 178,80).

Para mais ter mais informações sobre a Izettle:

 

Desconto na compra da SumUp

Clique no link a seguir e ganhe desconto na compra da SumUP Top.

Clique no link a seguir e ganhe desconto na compra da SumUP Super.

 

Desconto na compra Moderninha e Minizinha

Clique no link a seguir e ganhe desconto na compra da Moderinha Pro.

Clique no link a seguir e ganhe desconto na compra da Moderninha Plus.

Clique no link a seguir e ganhe desconto na compra da Minizinha Chip.

Clique no link a seguir e ganhe desconto na compra da Minizinha.

Veja também esses artigos relacionados

  • Máquina de cartão: porque utilizá-las para venderMáquina de cartão: porque utilizá-las para vender É surpreendente, mas ainda existem muitos comerciantes e prestadores de serviços que não aceitam pagamentos por cartão de crédito ou débito por não usarem máquina de cartão.  As principais […]
  • Point Mini, a maquininha do Mercado PagoPoint Mini, a maquininha do Mercado Pago Com a explosão de empresas oferecendo maquininhas de cartão (atualmente são mais de 50 delas), torna-se difícil decidir qual delas é a melhor. Essa decisão sempre deve ser tomada sobre […]
  • Máquina de cartão: desconto para compra-laMáquina de cartão: desconto para compra-la Existe um negócio bilionário na venda de máquinas de cartão de crédito e isso ocorre menos pela venda das máquinas e sim pelo fato das empresas tornarem-se “sócias” do seu negócio cobrando […]
  • Chargeback ou estorno: como prevenir e evitarChargeback ou estorno: como prevenir e evitar Torça para que não aconteça com você mas há uma grande probabilidade que ao aumentar o número de vendas com sua máquina de cartão você sofra o chamado “chargeback” ou estorno , que nada […]
  • Cielo mobile: a solução para quem não tem maquininhaCielo mobile: a solução para quem não tem maquininha Quer passar a receber pagamento com cartão de crédito e não quer gastar nada comprando uma máquina de cartão? Sim, isso é possível. A Cielo Mobile apresenta uma solução para isso. Para […]
  • Maquininha Sum Up: entre as menores taxas e diversidadeMaquininha Sum Up: entre as menores taxas e diversidade Hoje existem tantas empresas de máquinas de cartão e meios de pagamento no Brasil – em 2018 há mais cinquenta delas – que se torna difícil ver diferenças marcantes entre elas. Mas esse não […]